ISRAEL: A TERRA PROMETIDA - Blog Trielotur pelo Mundo

Destinos

ISRAEL: A TERRA PROMETIDA

Fabiana Lima
Escrito por Fabiana Lima em julho 8, 2019
ISRAEL: A TERRA PROMETIDA
Junte-se a mais de 5 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

  • Capital: Jerusalém
  • Código de Área: 972
  • Língua: Hebraico e árabe. O inglês e o francês também são amplamente compreendidos.
  • Fuso Horário: 5hrs a mais em relação ao horário de Brasília.
  • Moeda: Shekel Novo (NIS). Além das casas de câmbio, quase todos os bancos de Israel trocam dinheiro.
  • Visto: Não é necessário. O passaporte deve ter validade, de pelo menos, seis meses da data de saída do país.
  • Eletricidade: 220 volts.

Localizado no Oriente Médio ao longo da costa do Mar Mediterrâneo, Israel leva em sua história marcas de conflitos políticos e religiosos. Mas, apesar disto, é uma região muito segura, emblemática, democrática e é considerada, pelo povo judeu, como a Terra Santa. De acordo com as sagradas escrituras, é uma terra prometida por Deus.

É possível cruzar com uma grande diversidade de religiões e nacionalidades em suas cidades como acontece em Jerusalém, através dos restos do Primeiro e do Segundo Templos do rei-pastor Davi e seus sucessores Salomão, Herodes e Saladino que marcam o judaísmo; lembranças de Maomé que ascendeu aos céus montado em um cavalo que identificam o islamismo; e passagens de Jesus Cristo que teria nascido, morrido e ressuscitado nesta terra, estabelecendo assim, a história da fé cristã católica.

Nota-se ainda outros credos como árabes, muçulmanos, cristãos ortodoxos, drusos, palestinos, sunitas, evangélicos, budistas, hindus, coptas, que dividem o mesmo espaço nesta região sagrada.

Além da importantíssima cidade de Jerusalém, Tel-Aviv é considerada a segunda maior cidade de Israel e o principal centro cultural, industrial e comercial do país. Por ser uma região moderna e liberal, turistas e moradores circulam tranquilamente pelas ruas e pelas belas praias, cercadas de restaurantes, bares, hotéis, museus e teatros.

Com uma excelente infraestrutura turística, a viagem à Israel com certeza é muito enriquecedora pois, diante de tanta diversidade, ela nos provoca reflexões que modificam conceitos, nos aproxima da espiritualidade e nos convida a pensar sobre a nossa própria existência e atitudes.

Não deixe de visitar suas mais marcantes cidades e atrativos tais como:

Jaffa (construída por Herodes, o Grande); Tiberíades (Mar da Galileia); Volcano Bental (uma das montanhas mais altas sobre as Colinas do Golan); Cafarnaum (centro do ministério de Jesus e local de nascimento de São Pedro); Nazaré (casa em que Jesus passou sua infância); Canna (local do primeiro milagre da transformação da água em vinho); Jericó (cidade mais velha do mundo); Deserto da Judeia; Mar Morto (mais profunda depressão terrestre com 400m abaixo do nível do mar); Rio Jordão (onde ocorreu o batizado de Jesus pelas mãos de São João); Jerusalém (com mais de 6 mil anos de história) e Belém (terra natal do rei Davi e de Jesus Cristo).

Dicas aos viajantes:

  • Em seu roteiro, considere não passar aos sábados no principal destino de sua viagem: Jerusalém. Este dia, conhecido como shabbat, é especial para os judeus pois é o dia do descanso. Ou seja, não há nada aberto ou em funcionamento, como transportes, comércios e etc, na cidade.
  • Não coloque cadeados nas malas! Eles poderão ser quebrados para vistoria na bagagem no aeroporto.
  • Chegue ao aeroporto pelo menos três horas antes da partida do voo. Se for alugar um automóvel em Israel, peça para configurar o GPS para circular apenas na zona C. As zonas A e B são administradas pela Autoridade Palestina.
  • Israel dispõe de Tax Free – reembolso de 17% do imposto em compras únicas acima de US$ 120.

O que comer:

A gastronomia israelense dispõe de cozinha local como azeitonas, tâmaras, figos, romãs, trigo, cevada e uvas e pratos trazidos por imigrantes de todo mundo.

As refeições normalmente sempre têm húmus, tahine, arroz, purê de batatas e legumes. Entre os pratos principais estão o babaganoush, malawach, sabih e shnitzel.

O falafel no pão pita e o shawarma de cordeiro – também conhecido como churrasquinho grego no Brasil – são opções para refeições rápidas e leves.

Não deixe de provar o suco natural de romã, fruta símbolo de Israel.

Onde ficar:

As opções de hospedagem em Israel são variadas. Em Jerusalém, dentro da Cidade Velha, há hotéis e pousadas bem simples e com bons preços. Do lado de fora dos muros há hotéis de todas as categorias. A Trielotur Operadora de Turismo, garante boas opções de hotéis em seus roteiros. Confira todas as opções!

Como chegar:

Não há voos diretos do Brasil para Israel.

São várias as opções a partir da Europa.

Pacotes Turísticos:

Com mais de 10 anos de experiência no mercado, a Operadora de Turismo Trielotur tem sua marca registrada as viagens à Terra Santa.

Entre no site e confira todas as opções de viagens disponíveis para Israel como peregrinações em grupos com diretores espirituais, circuitos turísticos e etc. Você também pode montar o seu roteiro exclusivo, de acordo com as suas necessidades.

Embarque nessa viagem com a Trielotur, explore o melhor de Israel e traga momentos inesquecíveis em sua bagagem!

Na Trielotur você pode confiar! 

Trielotur Operadora de Turismo
E-mail: trielotur@trielotur.com.br
WhatsApp: +55 11 98786-0259
Telefone: +55 11 5085-0101

Ei,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Replies to “ISRAEL: A TERRA PROMETIDA”

PEREGRINAR NA CIDADE DE NAZARETH EM ISRAEL - Blog Trielotur pelo Mundo

[…] nós sabemos que foi em Israel onde aconteceu o nascimento de Jesus e sua crucificação, baseado nisso, vou te contar um pouco […]

03 ESTRATÉGIAS DE ISRAEL PARA SAIR NA FRENTE DA GUERRA CONTRA A COVID 19 - Blog Trielotur pelo Mundo

[…] em números relativos, Israel está na liderança em relação ao resto do mundo: a cada 100 pessoas da população de 9 […]

Visite nosso site